sábado, novembro 11, 2006

OS ANTEPASSADOS DE BURTON?


Sendo um eu, Primo do Adamastor, um olharapo fã de Tim Burton, como qualquer monstro que mereça o seu titulo, decidi investigar as raizes do seu talento e preferências. E como qualquer outro "génio" artístico, também ele teve as suas influências. Observando o desenho que ilustra este post, decerto chegariamos à conclusão ser obra de Burton. Mas não. O autor é Edward Gorey, escritor e artista, nascido em 1925, e conhecido pelo teor macabro das suas obras. Os desenhos são fantásticos. E sendo apreciador de gatos só podia ser boa pessoa. Procurem nas livrarias livros sobre as suas conhecidas ilustrações. São um deleite para os olhinhos. Mesmo que como eu, tenham 4 olhos na cabeça e um nas costas. entretanto divirtam-se por aqui!!! ou aqui!!!

8 Comments:

Blogger passarola said...

estou a ver de onde é que vêm esses sonhos com poções feitas com pêlos retirados de gatos bebés acabados de acordar ;)
É fantástico!!!!

11:26 da manhã  
Blogger curse of millhaven said...

muito bom!! as coisas q aprendemos neste blog! :D

12:27 da tarde  
Blogger wasted blues said...

Perspicaz descoberta! E estou totalmente de acordo... quem gosta de gatos só pode ser boa pessoa :)

12:29 da tarde  
Blogger menir said...

Os livrinhos não são de preço exorbitante e valem a pena (já cá cantam alguns). Habitam de vez em quando pelas fnacs. ;)

3:20 da tarde  
Blogger habitante said...

Primo,

É lindo O gato que está sentado ao colo do Edward Gorey.

3:32 da tarde  
Blogger habitante said...

O gato está sentado!??!
- Ok. Pode ser.

3:33 da tarde  
Blogger Zorze said...

Gostei muito deste post, tendo em conta ser um grande apreciador do tio Burton! Excelente! - não conhecia!

5:36 da tarde  
Blogger K said...

Obrigada, obrigada, obrigada! Adorei! Decerto que a minha vida seria menos rica se não soubesse da existência do trabalho deste senhor. Tenho que ir à Fnac, está visto!

E concordo plenamente contigo: quem gosta de gatos só pode ser boa pessoa.

3:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home