sexta-feira, setembro 22, 2006

As meninas

A pedido do little blue sheep, resolvi falar aqui DO livro que eu gostei mais de ler nos últimos três meses. Neste Verão, escolhi dedicar a minha atenção a senhoras escritoras e, em especial, a livros sobre mulheres. Aquele que me soube melhor e deixou aquele vaziozinho no fim, tipo, “oh! já acabou!!” foi o livro, “As Meninas” de Lygia Fagundes Telles.
A história parte das preocupações de três meninas diferentes, com histórias e formas de estar diferentes, para falar da condição da Mulher na sociedade no início dos anos 70. O amor, o futuro, a vida.. temas batidos mas.. aqui, no contexto de uma revolução cultural, de um período de luta e, em especial no caso feminino, de uma luta por uma libertação/afirmação sexual. Não é um livro feminista mas.. antes, um livro que nos faz entrar, sentir, pensar, angustiar, sofrer, como as três personagens femininas da história.

Quando o comecei a ler não fazia ideia do que tratava.. tinha sido uma prenda do último Natal, já há muito tempo em lista de espera para ocupar lugar na minha mesa de cabeceira e confesso que no início andei meio perdida. Isto porque a narração da história vai rodando pelas três personagens sem aviso prévio. Eu estava a ver as coisas pelos olhos de uma personagem e, de um momento para o outro, já estava na cabeça da outra sem ter dado por isso. “Epá..onde é que eu estou? O que é que aconteceu?” .. e lá tinha que voltar a trás para me situar mas.. a partir do momento em que já conhecemos bem as três personagens, essa passagem faz-se naturalmente sem confusões.. Sabemos perfeitamente quem é quem e já tudo faz sentido.
E isto é o mérito do estilo muito pessoal e original com que Lygia Fagundes Telles nos conta esta história.

Quem quiser sentir um cheirinho..pode encontrar aqui uma pequenina passagem da cabeça de uma das meninas. Obrigada, stella!!! ;)

6 Comments:

Blogger marta r said...

A autora é portuguesa ou brasileira?

6:14 da tarde  
Blogger stella said...

De nada! :)

E, respondendo à pergunta da Marta R, Lygia Fagundes Telles é brasileira.

7:51 da tarde  
Blogger passarola said...

é verdade, é uma grande senhora brasileira..para quem quiser, por cá, podem encontrar o livro editado pela Presença..Vale a pena!!!

Obrigada por nos teres visitado, stella!!

9:28 da tarde  
Blogger little_blue_sheep said...

hummmm
fiquei curioso...vou dar uma vista de olhas na próxima ida à fnac...
:D
obrigado pela partilha literária!

5:37 da tarde  
Blogger Papoila said...

O texto é o original e o livro está traduzido para português? Ou não...?

12:43 da manhã  
Blogger passarola said...

não..mas é muito giro, pomba..ficas a conhecer a gíria da juventude (não sei se de ainda agora, ou só daqueles tempos - 60/70's.. )

10:31 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home