terça-feira, julho 11, 2006

Para trás ou para a frente?

Um amigo disse-me que uma das diferenças entre a forma de pensar oriental e ocidental é que os orientais vêem o futuro atrás e não à frente. Isto por uma razão muito simples.. porque não somos capazes de ver aquilo que temos atrás das costas. Pois, faz algum sentido.. se não pensássemos que assim estaríamos sempre a andar para trás.. mas isso, deve ser a nossa forma ocidental de ver a coisa.. Entretanto, ontem acabou um dos meus períodos favoritos do ano por morar num bairro onde os vizinhos ainda convivem uns com os outros. O sinal foi dado quando retiraram os enfeites da rua que nos acompanharam nas comemorações de festas e futebol. Depois, para ajudar, o professor de natação depilou as pernas, destruindo-me a paisagem e tirando assim metade da piada das aulas e acabou definitivamente o Sete Palmos, com um futuro demasiado à vista (para mim). Enfim.. é o relógio a andar para a frente...
Muito a propósito destes pensamentos, dei de caras na rua com um cartaz do Nunca Terra, em vez de Peter Pan dos Primeiros Sintomas. Estão agora a repor na Comuna este espectáculo que eu vi no ano passado na Culturgest. Embora o autor (Miguel Castro Caldas) se perca um bocadinho demais na musicalidade das palavras, tem um excelente trabalho de encenação do Bruno Bravo que dirige um também excelente trabalho de interpretação dos actores como se dirigisse uma orquestra. É uma verdadeira composição teatral/musical e é por isso que acho que vale a pena ver. Descobri aqui algures a meio do texto “É sempre o mesmo caminho... para trás e para a frente...” Ocidentais e Orientais, podemos comungar em paz!
Assim, com o futuro atrás das costas, vou convidar o vizinho giro que se está a mudar agora para o prédio da frente para beber um café. ;)

8 Comments:

Anonymous aliceemmarte said...

eheheheh, passarola....
....

11:56 da manhã  
Anonymous arC.tre said...

esta passarola é um bocado taradona. já nãose fazem ladies comop antigamente?

2:21 da tarde  
Blogger passarola said...

a passarola comporta-se sempre como uma ladie... na presença de um gentlement...

2:44 da tarde  
Anonymous aliceemmarte said...

desculpa lá arc.tre, podes explicar como eram as ladies de antigamente?

4:27 da tarde  
Blogger passarola said...

boa aliceemmarte!!!!!! :)

6:01 da tarde  
Anonymous le_roi said...

Assim é que se fala, meninas.
Ah! este sangue feminino.

2:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»

11:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

7:53 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home