quarta-feira, maio 17, 2006

Afinal a montanha pariu um rato...

Greves de fome, apelos ao boicote e a outras formas mais expeditas de censura um pouco por todo o mundo e, afinal, diz quem viu que o código da vinci é uma espécie de caça ao tesouro que tem tanto de espectacular como de inóquo.

Hollywood brinda-nos, mais uma vez, com um produto formatado para agradar a todos (ou pelo menos tentar) sem ofender ninguém... vão ficar desiludidos aqueles que se preparavam para gigantecas manifestações à porta dos cinemas e um cêdê comemorativo do padre Borga. Enfim... se eles não quiserem ir ao cinema ninguém os pode impedir!

10 Comments:

Anonymous primo do adamastor said...

isto ker dizer que o sr monstro já viu o filme???

11:14 da manhã  
Blogger olharapo said...

Não seria de esperar outra coisa, sendo o livro o que é: um pacote de amendoins que acompanha um fino no dia de Verão. È agradável mas esquecesse assim que acaba.

12:34 da tarde  
Blogger passarola said...

'esculpa lá...olha queuatésou monstra muito dada às leituras e até que sou um pouquito pó exigente c'oque leio e acho o código d'a vinci um ganda livro... as coisas quando têm muito sucesso não é por acaso..é porque foram pensadas para o ter...e trabalhadas para o ter..

12:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o livro é realmente um cagalhão viciante e que se lê rapidamente... mas por mais bem urdida que esteja a trama, não deixa de ser um cagalhão

12:54 da tarde  
Blogger passarola said...

então porque é que toda a gente o leu?

3:04 da tarde  
Anonymous o código da estrada said...

o fenómeno é parecido com o Titanic: toda a gente viu o filme mas todos sabemos que não é um grande filme...

quanto ao resto, houve realmente muita gente a COMPRAR o livro, quantos o terão lido?

3:29 da tarde  
Blogger passarola said...

pelo menos todos os que me têm dito mal dele...

4:16 da tarde  
Blogger olharapo said...

Eu não disse que não gostava de amendoins. Mas entre os amendoins um qualquer outro prato gastronómico, daqueles que perduram através dos tempos, vai uma grande distância. Será que daqui a 50 anos ainda alguém vai falar no "Código Da Vinci"?

4:24 da tarde  
Blogger passarola said...

que agora toda a gente fala..não há dúvida...acho que batemos recorde no número de comentários.. este livro vai ficar para a história..

5:33 da tarde  
Anonymous Le_Roi said...

O OLHARAPO:
"Mas entre os amendoins (e) um qualquer outro prato gastronómico, daqueles que perduram através dos tempos, vai uma grande distância."

A distância, na realidade, é curta. Tudo se transforma em cagalhões.

Não vos fez mal nenhum ler ou ver: podem continuar a ser, felizes. Já viram que sorte?
- Que bom que é viver no conforto europeu... ainda.

1:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home