terça-feira, março 28, 2006

Leituras e Lingerie



Ontem comentava com a minha amiga Dina sobre o blogue. Dizia-lhe que gostava de escrever qualquer coisa que provocasse reacção em quem lê ... mas isso, não era tarefa fácil. E estávamos nesta amena cavaqueira quando, de um momento para o outro, ela se começa a agitar no sofá. Enfia a mão por dentro da camisola e fá-la circular pelo corpo. Levanta-se num impulso, descalça os ténis e sai a correr da sala. – Ajuda-me!! – suplica-me, já a baixar as calças, deixando a descoberto umas minimíssimas cuequinhas rendadas – tenho qualquer coisa aos saltos, aqui dentro – e despe a camisola, revelando um magnífico peito por detrás do sutien. – Trazes-me isso... depressa!!! – pelo tom de voz percebi que era urgente e quando lhe levei o que me pediu, a Dina estava já a despir a lingerie que atirou na minha direcção – Onde queres que ponha? – e ela respondeu-me - Na banheira...aqui – Abriu o chuveiro, passou-o pelo corpo e depois, encheu de água o balde que lhe levei e colocou lá as restantes roupas. Já de toalha enrolada ao corpo, desabafou – O raio das pulgas!! Só assim é que me consigo livrar delas...
Concordei, escrevi e alguém me disse... cuidado, que nós os gajos lemos as coisas de maneira diferente à vossa. Será?