sexta-feira, março 31, 2006

Investigaçoes


- E esteve cá algum canalizador?
- Não Sr. Inspector...
- Existia algum criado mudo?
- que eu ouvisse falar... não, Sr. Inspector..
- mordomo?
- não parece..
- bolas! Isso elimina os nossos principais suspeitos...
- Se me dá licença, Sr. Inspector... Há 4 perguntinhas que ainda não têm resposta...
- diga lá, Mendonça...
- então... primeiro... não encontrando a rolha da garrafa de vinho... presumimos que teria vindo aberta ... poderia o vinho estar envenenado? (música de mistério)
- Boa pergunta, sr. Mendonça... vou já mandar analisar o vinho..
- Depois... a caixa de chocolates... teria mesmo chocolates? Quem lha terá oferecido? (mais música maestro)
- Huuum!! Outra boa pergunta... vou tratar de mandar averiguar isso...
- e quanto àquela taça vazia... o que será que estava lá dentro? (intensidade dramática)
- Nem diga mais nada... é como se já estivesse no laboratório...
- Outra coisa que não me sai da cabeça...
- e que boa cabeça você tem, Sr. Mendonça!!
- O que é que faz um caroço do maçã no local do crime? (música ao rubro)...

MERRY XMAS


Eu, o monstro dedicado às efemérides, não podia deixar passar ao lado este acontecimento. O nosso monstruoso blog ultrapassou as 1000 visitas, e isto tendo em conta que o contador de entradas só foi colocado à cerca de mês e meio. Tudo começou numa noite de nevoeiro, a uma terça feira de Novembro, desde então tem sido uma orgia de monstruosidades e aberrações. Que o tio Adamastor nos proteja ao atravessar o cabo das Tormentas e que cheguemos bem longe nesta nau de olharapos (chiça que me deu para a poesia).

PS: já está disponivel mais dois episódios do horror inominável, o primeiro video-podcast português de José de Pina e Filipe Homem Fonseca.
Desta vez temos acesso ao Ipod de Bin Laden. Gratuito. Aproveitem.

quinta-feira, março 30, 2006

A Minha Vizinha - Parte III


Aproximo-me do parapeito para me certificar do que estou a ver na casa da frente. O cadeirão está caído no chão, o vinho derramado, a sobremesa entornada, o caroço da maçã no meio, as taças partidas, o livro rasgado e a vizinha... muito pouco sexy, com uma expressão de agonia, deitada no chão, com um joelho à frente do outro, como se antes de cair tivesse tentado chegar ao telefone que estava na outra ponta da sala. Assustei-me, gritei e deixei a vizinhança num rebuliço. Nervosa, acendi um cigarro e fiquei a ver as tentativas desesperadas de arrombamento da porta dela. Ao confirmarem que estava morta, alguém terá chamado uma ambulância que já não vi chegar por ter de sair para ir beber um copo ao Bar do Bairro Alto, onde o grande DJ Gloomy vai estar hoje a pôr música, a partir das 19h....

E afinal? Quem matou a vizinha da frente?

OVOS

OVOSOVOSOVOSOVOSOVOSOVOS...............................................
Ou é um sentimento de perca, simbolizado por uma ansia de regresso á origem, ou então é algum sintoma da gripe das aves, que a ciência ainda não tinha registado.

A Minha Vizinha - Parte II


Ela abriu-a e ficou a aguardar o visitante. Este conheço eu bem, mora por baixo de mim e não me oferece nem um sorriso quando nos cruzamos nas escadas. Levou-lhe uma taça de qualquer coisa.. talvez seja uma sobremesa feita por ele. Ela agradece com um sorriso mas também o despacha. Respira fundo ao fechar a porta e volta ao aumentar o som da música. Apanha o cabelo no alto e dirige-se ao quarto. Consigo ver o seu reflexo num espelho e vejo-a a despir-se lentamente como se se presenteasse com um strip privado. Roda a cintura suavemente, ajudando as calças a cair até ao chão que depois, com o pé, chuta para cima da cama. Desaperta um por um os botões da sua camisa, deixa-a descer pelos braços e, calmamente, desaperta o sutien. Com movimentos circulares de ombros, fá-lo escorregar até às mãos, roda-o por um bocado antes de o deixar voar. Perco-a de vista por uns momentos e volto a encontrá-la a sair do quarto, já com o peito escondido num pequeno top de seda. Serve-se de vinho, retira um chocolate da caixa e mistura-o na taça da sobremesa. Volta a baixar o som da música e senta-se numa cadeira longa, com os pés apoiados no parapeito da janela e as pernas esticadas na minha direcção. Abre um livro no colo, enquanto saboreia a combinação do vinho com as sobremesas..
Tenho de me ausentar por um momento e, quando volto arrependo-me de ter saído...

A Minha Vizinha - Parte I


Vi-a chegar. Pousou a mala, descalçou-se e abriu as janelas, deixando praticamente a casa toda à vista dos vizinhos. Eu moro mesmo em frente, à distância de uma travessa tão estreita que nem carros passam. Sentei-me perto da janela a roer uma maçã e fiquei a observá-la. Vi-a dirigir-se à aparelhagem e poucos segundos depois comecei a sentir a provocação de um saxofone a enrolar um piano. A campainha tocou e ela baixou um bocadinho o som para se dirigir à porta. Não consegui ver logo o que se passava mas acabei por reconhecer a figura do vizinho que mora por baixo dela. Trouxe-lhe uma garrafa de vinho aberta e duas taças. Ela acenou negativamente a cabeça, adivinhei que lhe dissesse que estava cansada ou algo assim, pelo que, com alguns movimentos de insistência para que ficasse com a garrafa, ele acabou por se despedir com um sorriso triste. Ela trouxe o vinho para dentro e, ainda não o tinha pousado quando a campainha tocou segunda vez. Agora era o vizinho de cima. Mais tímido, levou-lhe uma caixa de chocolates e nem esbracejou quando ela se despediu dele sem justificação. Novamente a campainha mas agora tocada de baixo, da porta do prédio. Ela abriu e ficou a aguardar o visitante....

POR ONDE PÁRA O SHAMPOO DE OVOS?

Esta história do Sr. Saraiva (mas afinal quem é este fulano Saraiva) e do shampoo de ovos, deixou-me a pensar. Eu recordo-me deste tipo de shampoo que antes se via em abundancia pelos supermercados. Tinha uma aparencia deliciosa, de um amarelo fluido, que me levava a desejar engolir tudo de uma só vez (se calhar por isso desapareceu do mercado). Por onde pára o dito shampoo de ovos?
Procurei, procurei, inclusive no site "mistério juvenil", de temática nostálgica, mas nada. Então recebi uma chamada do Sr. Saraiva. Segundo ele eu podia fazer o meu próprio shampoo de ovos. Era assim a receita caseira; 1 Colher (café) de óleo de rícino, 1 Ampola de vitamina A, 1 Gema de ovo, bater todos os ingredientes até obter um creme. Aplicar com pente de cerdas longas, e deixe actuar nos cabelos. .......Acabei a comer omolete de gambas, com fios de ovos como sobremesa!

quarta-feira, março 29, 2006

A mesma hora, no mesmo local..



A D. Odete aparece todos os dias de manhã, pontual como um relógio britânico, à porta da Mexicana... Para tomar lá o pequeno almoço?...nem pensar! Que despesa tão sem jeito... com tanta comida em casa! Agora do que ela gosta mesmo é daquela esplanadinha. Vê quem passa, quem entra, quem sai... quem vai com quem...e isso sempre é um entretenimento para uma senhora que, para além de um gato demasiado velho e gordo para sair do seu lugar, não tem mais ninguém.
Foi assim que eu a encontrei nesta manhã.
- Então D. Odete? A beber um cafézinho?
- Ah, pois hoje teve que ser! Sabe que eu não gosto de gastar dinheiro nestas coisas... mas como fui a primeira a chegar, tive que pedir .. para me poder sentar..
- Já há muito tempo que não a via. Como é que tem passado?
- Oh! Muito mal...sabe como é que é... a gente chega a esta idade... Garçon! Garçon..por favor!!
- Deseja mais alguma coisa, D. Odete?
- Você acha que isto é um copo de água? Eu pedi UM copo de água e não meio copo de água!! Um estabelecimento destes...
- Não se preocupe que eu trago-lhe já outro...
- Desculpe menina, de que é que estávamos a falar?
- Estava a falar de si..
- Não usa o pacotinho de açúcar todo? Posso ficar com ele?... É que às vezes pode dar jeito... Olhe quem vai ali?
- Onde?
- Ali... aquele senhor.. que costuma andar por aí... sempre com um ar tristonho, sabe quem é?
- Não... acho que nunca o vi..
- Dizem que é muito inteligente... dado a essas coisas das filosofias..sabe?... devia conhecê-lo...
- Eu?
- Sim...olhe que é um bom partido...
- D. Odete!...Sempre a tentar arranjar-me casamento...
- Agora aquele cabelo é que já não é como era dantes...
- Oh! Já é tão tarde...tenho mesmo que me ir embora...
- Era mais lustroso, antigamente... e para que é que ele precisará dos ovos...?
- Gostei muito de a ver, D. Odete... até à próxima..

A D. Odete, guardou cuidadosamente uma caixa de guardanapos de papel na mala e ficou a reflectir sobre o estranho acontecimento dos ovos do Saraiva.

ESPELHO MEU...

...espelho meu, diz-me lá se há mais como eu, para quem o futebol, pouco ou nada diz?

MAIS VALE TARDE QUE NUNCA



Flores monstruosas para celebrar a entrada da nova monstra, na monstruosidade deste blog.

Sê bemvinda Passarola.

Na mexicana

Como habitualmente, entrei na Mexicana para tomar o pequeno almoço e quem vi junto ao balcão? O meu amigo Saraiva. Sorumbático como sempre, trazia vestido um velho sobretudo castanho, coçado nas articulações. haverá que estudar todas as implicações filosóficas da frase anterior... quantas articulações cabem no casaco de um homem? Como se articula o pensamento filosófico dentro dum sobretudo castanho? Porque é que se continua a dizer que o pão é fresco quando na realidade ele é quente?

Ainda meio zonzo com este turbilhão de pensamentos, reparei que o Saraiva estava, distraidamente, a comprar meia dúzia de ovos enquanto lia o jornal.
- Ó saraiva... bons olhos o vejam. Então o que é que tem feito?
- Oh... nada de especial... tenho andado às voltas com uma crise existencial...
- Você Saraiva?
- ... Há dias até me fui confessar...
- Então... mas você não era ateu?
- Desde pequenino... mas pelo menos, ninguém me pode acusar de não ter dado uma oportunidade à religião...

O Saraiva estava mesmo em baixo, decidi mudar de assunto.
- Ó Saraiva, já leu este artigo?
- Qual? O do eclipse?
- Não, este que fala do número de acidentes na 2ª circular.
- E que diz?
- Diz que em 2005 houve 364 acidentes...
- Ah... Disse o Saraiva em Inglês. Não sei se já tinha mencionado, mas o Saraiva fala fluentemente várias línguas: é polifónico. E continuei.
- Isto dá um acidente por dia...
Mas não conseguia deixar de olhar para a embalagem de ovos que o Saraiva trazia na mão. Ó Saraiva, para que raio são os ovos?
- Sabe, disse ele, habituei-me a lavar a cabeça com shampoo de ovos... mas como agora já não se consegue encontrar, tive que desenvolver a minha própria fórmula...

O Saraiva é assim, apega-se a estas pequenas coisas da vida... mas, e o que é feito do shampoo de ovos?

terça-feira, março 28, 2006

A Gula


- Socorro!! Polícia!! Polícia!!!
- O que é que se passa?
- Ajude-me por favor, Sr. Polícia..
- Se me disser o que aconteceu...
- Não está a ver...ali...o bolo de chocolate...a olhar para mim..
- Sim?!
- Sabe o que me acontece.. se o comer?
- Ahhh! Estão a tentar envenená-la?
- Oh! Sim, Sr. Polícia...estão a tentar envenenar as minhas coxas...
- Não ‘tou a perceber..
- Ajude-me.. livre-me de cair em tentação..por favor!!
- Não me diga que me fez vir de tão longe por causa...
- Sim, Sr. Polícia...confesso... não acredito em Deus..só você pode ajudar-me..
- Não pode ser! Desculpe mas vou ter de lhe pedir que me acompanhe à esquadra. Está detida por desrespeito ao agente de autoridade... onde é que já se viu...
- Isso! Isso! Leve-me!!! Eu sabia que podia contar consigo...

E afinal, qual é o 7º dos pecados mortais?

A historia da Julia


Júlia estava determinada a mudar a sua vida. Deixou de fumar e adquiriu hábitos alimentares mais saudáveis. Sentiu-se mais forte e voltou a vontade de mudança. Largou o emprego e escolheu fazer só o que gostava. Mas o que gostava agora, era de morar sozinha. Falou com o marido, saiu do apartamento e fechou a porta a 12 anos de relação conjugal. Encontrou a casa com que sempre tinha sonhado e adormeceu a olhar para as estrelas. Não se lembrava de se sentir tão leve como nessa primeira manhã. Caminhava na berma da estrada com a sensação de voar na fronteira do céu. Deixou-se encadear pela luz do sol e bamboleou a anca ao som da sirene da ambulância que se aproximava.

uéuéuéuéuéuéuéPUMuéuéuéuéuéuéué

A ambulância não parou, ao ver o sangue da Júlia, por estar destinada a salvar o homem de 95 anos que trazia nas traseiras.

A vida da Júlia não podia ter sofrido maior mudança. Quem é capaz de adivinhar o verdadeiro fim da história desta personagem?

MISTER PAC MAN


Seria o Pac man um monstro? Se assim é, devia escrever para este nosso blog. A figura do bicho foi inspirada numa pizza, criada em 1980 por Tohru Iwatani, designer de jogos da japonesa Namco. O personagem foi idealizado durante um jantar entre amigos. Alguém reparou que a pizza à qual faltava uma fatia dava um bom personagem de videogame. O nome original foi "Puck man", mas logo foi alterado pois facilmente se podia fazer o trocadilho de "Puck" para "fuck". Mas Pac man cresceu, ganhou uma namorada, a miss Pac man, e hoje graças ao saudosismo dos anos 80, o bicho tem uma religião, fazem-se estudos psicológicos sobre o comportamento dos fantasmas que o devoravam, existe um museu virtual, etc. O que realmente apetecia agora era jogar ao Pac man.
PS: aproveito para dar as boas vindas à nossa nova aquisição deste blog, a monstrinha Passarola.

Leituras e Lingerie



Ontem comentava com a minha amiga Dina sobre o blogue. Dizia-lhe que gostava de escrever qualquer coisa que provocasse reacção em quem lê ... mas isso, não era tarefa fácil. E estávamos nesta amena cavaqueira quando, de um momento para o outro, ela se começa a agitar no sofá. Enfia a mão por dentro da camisola e fá-la circular pelo corpo. Levanta-se num impulso, descalça os ténis e sai a correr da sala. – Ajuda-me!! – suplica-me, já a baixar as calças, deixando a descoberto umas minimíssimas cuequinhas rendadas – tenho qualquer coisa aos saltos, aqui dentro – e despe a camisola, revelando um magnífico peito por detrás do sutien. – Trazes-me isso... depressa!!! – pelo tom de voz percebi que era urgente e quando lhe levei o que me pediu, a Dina estava já a despir a lingerie que atirou na minha direcção – Onde queres que ponha? – e ela respondeu-me - Na banheira...aqui – Abriu o chuveiro, passou-o pelo corpo e depois, encheu de água o balde que lhe levei e colocou lá as restantes roupas. Já de toalha enrolada ao corpo, desabafou – O raio das pulgas!! Só assim é que me consigo livrar delas...
Concordei, escrevi e alguém me disse... cuidado, que nós os gajos lemos as coisas de maneira diferente à vossa. Será?

Saraiva

- In nomine patri et filii et spiritu sanctu, amen! Muito bem meu filho, como te chamas?
- Saraiva.

- E então Saraiva, há quanto tempo não te confessas?
- Ooh... (disse o Saraiva em Inglês)

- Calma, meu filho, calma... tenho a certeza que não foi assim há tanto tempo...
- Que não me confesso? Oiça doutor, vou lhe dizer uma boa...

- Doutor?!? Como assim doutor?
- Peço desculpa... esta minha cabeça...

- Mas ia dizendo....
- Sim senhor doutor?

- Chame-me Prior.
- Ah sim pois, Sr. Prior.

- Então? Quando foi a última vez que te confessaste!
- Pois, aí está Sr. Prior. Não houve última vez... nunca me tinha confessado antes.

- Nunca é tarde meu filho... nunca é tarde para começar a percorrer os caminhos da fé.... mas eu posso ajudar-te... certamente que já ouviste falar em pecados... estás assim a ver algum pecado que tenhas cometido?
- Sim Sr. Prior!

- Então diz lá o pecado que te aflige....
- Bem doutor, o meu maior pecado neste momento, acho eu, é que... é que não acredito em Deus!

- Pois... isso é chato....
- É não é? É a isto que se chama um pecado mortal...

- Não... os pecados mortais são sete... e são a luxúria, a gula, a inveja, a vaidade, a preguiça e.... e qual é o outro? Há sempre um que escapa....
- Acontece a todos... eu também me estou sempre a esquecer das coisas...

- De qualquer forma, o teu pecado não faz parte da lista... tu não viste o filme? Com aquele rapazinho loiro?
- Mas doutor...

- Prior!
- Sr. Prior. A mim parece-me que não acreditar em Deus é um pecado senão mortal pelo menos muito grave, não acha?

- Sabes meu filho... isso de acreditar ou não em Deus, não faz muita diferença, o que interessa é saber que existe uma força que nos guia os passos, que nos faz praticar o bem... e que não nos deixa cair em tentações!
- Mas isso não é a polícia?

- Não meu filho.. é Deus!
- Mas olhe que a polícia também faz o seu efeitozinho....

segunda-feira, março 27, 2006

Para começar...



Neste fim de semana ficámos a saber que a Super Bock patrocinou a entrada na hora de verão... alguém sabe quando é que vamos receber o dito patrocínio por termos todos adiantado os nossos relógios à mesma hora? Ou houve mais algum evento cultural, desportivo ou social para o qual não fomos convidados? O que é que se segue? A Sagres patrocina o nascer do sol todos os dias?

Entrei



Depois de infrutíferas tentativas de me meter com os bloguistas deste e de outros blogs...resolvi intrometer-me como monstra, na esperança de que alguém se meta comigo...

AS SAUDADES QUE JÁ TINHA DA MINHA CASINHA


Na última sessão de consulta aos deuses da mostarda, este monstro soube que algo melhor do que saldos no corte Inglês vai acontecer no inicio de Abril, no site da eBay.
A vila de Bridgeville, no estado norte americano da pennsylvania, vai estar a leilão. O valor inicial de licitação é 1,43 milhões de Euros. Uma pechincha. Maravilhoso. Uma terriola só para si. Pode ser presidente da junta, padeiro, construir uma incineradora no centro da vila, criar o concurso bridgeville miss t-shirt molhada, abrir um hipermercado, enfim....visite o site de Bridgeville aqui, conheça o seu investimento.Tem parquimetros, passarinhos, bombeiros, tudo. Estou a pensar penhorar este valioso blog para conseguir capital para o investimento.

COM A DEVIDA VÉNIA...

...ao Hugly Kid Tónic, subscrevo a sua definição de deputado:
" Um deputado é como um vulcão. Está imenso tempo adormecido, mas quando acorda é um enorme desastre natural."

domingo, março 26, 2006

AMOR GALANTE



Parece um mandrulónimo, mas não é! De mandrulhisse não tem nada. Amor galante é o nome que os antigos davam a; amor espiritual que os cavaleiros e as damas da época professavam e que os trovadores cantavam. Assim um cavaleiro podia declarar o seu amor a uma dama casada, ou estando casado por sua vez, e esta aceitá-lo como seu cavaleiro, porque, em todo o caso o seu amor não era fisico. Uma maneira muito sofisticada de infidelidade, sem perigo de doenças. No entanto com a possibilidade de morte rápida e violenta infligida por parte do conjuge ofendido. Lá diz o povo que os antigos é que sabiam, e entre tanto amor espiritual de vez em quando lá se caia no pecado da carne. Mas isso é outra história....que por vezes acabava com cabeças cortadas. As grandes ou as pequenas!

sexta-feira, março 24, 2006

DEUS É UM DJ!

Este blog descobriu que Deus é Dj. Sendo verdade que hoje em dia "toda a gente" pode ser DJ, Deus foi o primeiro, o precursor ,a entidade que teve a ideia de misturar e misturar e misturar (estudiosos suspeitam que processo identico levou à descoberta da tortilha de batata). Já a banda de tecnoxunga Faithless apregoava à alguns anos "God is a DJ". Mas esta semana recebi um mail dos mares gelados do sul onde habita o meu tio, o Adamastor, com provas inequívocas que Deus anda por ai com um kit de dois pratos e um amplificador. É verdade, Deus é um DJ, como comprovam as imagens recolhidas, que poderão visionar aqui! E tendo em conta estas provas, surge uma outra questão.
Mas que diabo de remistura manhosa é esta a que damos o nome de Portugal? Talvez a resposta esteja aqui mesmo...o diabo remisturou uma mistura "original" que até não estava mal...

quinta-feira, março 23, 2006

E SE NOS CONTAGIAM?

A propósito da Primavera e da afluência aos ginásios, lembrei-me que sendo essa afluência sazonal, se não teria alguma relação com a migração das aves, pois como essas, esses utentes primaveris dos ginásios chegam também em bandos.

Ora estando na ordem do dia, o perigo de contaminação das aves domésticas - leia-se sedentários não frequentadores dos ginásios - pelas aves migratórias - leia-se os referidos utentes primaveris - não se deveria tomar as devidas precauções para que uns não sejam afectados pelos outros?

É que a actividade física é muito perigosa.

Gym nasty

O verão aproxima-se, anda toda a gente a pensar qual é a melhor maneira de perder os michelins. Lá vai a maralha toda inscrever-se nos ginásios.

Eu não consigo perceber como é que há malta que paga bom dinheiro para ir correr nas passadeiras do ginásio... mas vão de carro.

Body Pump, RPM, Body Jam, ABS, Body Step, Core... os nomes que agora inventam para levar as pessoas aos ginásios... engraçado era se eles dissessem: "venha correr e saltar connosco: 50 € / mês".

Esta manhã corri 3 km... depois não aguentei mais, tive de devolver o pão ao padeiro.

O segredo do sucesso

Levantar cedo, fazer cada tarefa, mesmo a mais insignificante, como se fosse a coisa mais importante do mundo... casar com a filha do patrão.

O ESTADO DA ARTE ou A ARTE DO ESTADO?

Quem assiste na SIC NOTÍCIAS á recente rubrica quinzenal do Dr. Paulo Portas, para além de ter possibilidades de assistir a uma dramática sessão de luta entre a tentação do tempo de antena (o discursar olhos nos olhos com a camara, ou seja nós) e a necessidade de se limitar a um ameno diálogo com a entrevistadora/moderadora, tem que se confrontar com uma dúvida.

Afinal qual é a arte de que se analisa o estado?

É a arte no sentido de uma qualquer forma de expressão artística, por exemplo o cinema que parece ser tanto do agrado do sr. Dr., ou é a arte da política e sua administração, designadamente no caso do protagonista deste programa, a administração de um hiato na sua exposição mediática, que seria uma longa travessia do deserto, se não fosse esta oportunidade?

Contráriamente ao que suponha (provavelmente má interpretação minha), assisto a um exercicio de oratória, através do qual são enviados recados, tanto para fora como para dentro do seu próprio partido, ao mesmo tempo que nos vai lembrando quanto inteligente, brilhante, beatífico, e modesto ele é (no último programa deve-se ter autocitado pelo menos 4 vezes), após o que não resisto a pensar que está a decorrer uma espécie de campeonato de reservas políticas vindas todas as áreas políticas e cujos estádios são as estações de TV.

quarta-feira, março 22, 2006

QUEM TRAMOU O BARÃO?

Hoje não vou escrever sobre o dia mundial da água! Hoje escrevo sobre esse icon da primeira grande guerra
que foi Barão vermelho. Fez ontem 88 anos que este senhor foi abatido durante a batalha de Somme. O Barão Manfred Albrecht von Richthofen, ficou conhecido por Barão Vermelho por destruir mais de 80 aviões dos aliados durante a guerra. Ainda hoje se especula como terá sido abatido como testemunha este site: http://www.anzacs.net/who-killed-the-Red-Baron.htm.
Manfred era muito supersticioso. Ele nunca saia em missão sem ser beijado por alguém querido. Isto tornou-se rapidamente um hábito difundido entre todos os pilotos de combate. Talvez o êxito para os nossos politicos passe por aqui. Senhores, vamos a beijarmo-nos na Assembleia. O país já merece algum sucesso!

Os americanos e a primavera

Chega a esta altura e toda a gente larga a sua posta sobre a primavera... eu, que já aqui falei sobre o meu primo, vou dispensar essa parte e passar directamente aos shots de tequila.

Os americanos fizeram, os americanos disseram, os americanos isto e a peso... Os americanos são uns tipos que passam o dia a mascar chewing gum, a escapar-se para fumar umas beatas, a mostrar as dólas e a esconder a pornografia na closeta.

Eles são a caspa dominante, que faz a guerra e a paz, que diz quem pode e não pode poder. São um cruzamento entre o super herói e o matarruano... uma espécie de Tino de Rans com tanques.

Mas ele há coisas onde são mesmo bons: desde logo a dizer que são bons, ninguém diz que um americano é bom tão bem como um americano. Depois, eles são bons é a disponibilizar informação.

Isto a propósito de um site pelo qual ando apaixonado há uns meses: o archive. É um imenso repositório de obras em domínio público, sons, música, emissões televisivas, filmes, livros e um grande etcetera. Vale a pena espreitar.

terça-feira, março 21, 2006

SUA SANTIDADE, A SESTA


Eu, o monstro das efemérides, não podia deixar passar esta data sem a assinalar! Afinal hoje é nada mais , nada menos do que o dia mundial da poesia, o dia mundial da árvore e o dia mundial do sono. Eu nutro grande afinidade por este último. Certamente é o titulo mais ignorado por toda a comunidade. Para a poesia fazem-se tertúlias, para as árvores reune-se um grupo de crianças e leva-se as ditas a plantar rabanetes (cuidado com os cogumelos), mas para o dia do sono, o que se faz?
Infelizmente nada! Acho que vai sendo tempo de alterar as coisas. É preciso comemorar a data com a dignidade que ela merece. Hoje á tarde em vez de trabalhar vou dormir a sesta. Outras ideias serão bem vindas! zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

QUESTÕES EXISTENCIAIS

Um destes dias no programa de Oprah Winfrey, e perante ilustres convidados masculinos, discutiu-se um assunto deveras interessante.
O pretexto da discussão era "porque gostam tanto os homens de pornografia?". Uma equipa andou pelas ruas a desafiar as mulheres
a fazer "aquelas" perguntas que sempre quiseram fazer aos homens versando estes assuntos. Os convidados iam respondendo como podiam.
Algumas questões como "Porque são os homens vidrados em sites porno?" ou " porque insistem os homens em enviar constantemente mails
porno uns para os outros?" foram abordadas. Mas a verdade é que ninguém conseguiu dar uma explicação convincente. Porque fazemos isto? Será que alguém nesta teia monstruosa tem a resposta?

segunda-feira, março 20, 2006

O amor é bonito

Este fim de semana voltei a apaixonar-me pela minha mulher... ofereci-lhe um bibe.

domingo, março 19, 2006

GUERRA DOS MUNDOS (PARTE 2)

O cinema ou a tv são um dos tópicos de discussão favoritos aqui deste ninho de monstros. E com esta história de OPAs e EPÁs, e outras guerras seja a do Iraque ou a ascenção à presidencia da república Portuguesa, vou vos citar uma passagem de um livro de Jorge Molist.
"Os filmes e os programas de televisão são a segunda exportação, em valor monetário, dos Estados Unidos da América. Mas a sua importancia supera a económica; é uma arma muito efectiva. A venda do estilo de vida americano nos cinco continentes propiciou a queda da cortina de ferro, o derrube e a transformação dos sistemas comunistas. Os seus cidadãos, consumidores ávidos de imagens e entretenimento, foram persuadidos, apesar das máquinas locais de propaganda, de que o alto nível de vida americano era o objectivo das suas vidas e pressionaram as mudanças nos seus países, ajudados pela ineficácia daqueles sistemas que propunham filosofias de vida alternativas. E foi assim que os Estados Unidos da América ganharam a terceira guerra mundial. Sem ter de disparar um tiro."
Sobra talvez o mundo árabe, mais dificil de subverter, e aqui lá se tem de disparar uns canhõezitos. E isto digo eu!

sexta-feira, março 17, 2006

Fui alvo de uma OPA

Não, não é dessas OPAs em que estão a pensar, porque também não acho que exista alguém interessado em ser dono de um monstro.

A OPA de que fui alvo, foi de uma Oferta Pública de Assassinato.

Sim senhor. E com requintes a que nem as PT's nem os BPI's, se mostram merecedores.

Enquanto os promitentes compradores dessas empresas ainda não mostraram em cash, os meios através dos quais pretendem levar a cabo as suas OPAs, o meu avançou logo com os seus, na sua apresentação ao Presidente do Conselho de Administração da minha Vida - a minha esposa.

Consistiam esses meios, numa ponta e mola (de dimensões apreciaveis de acordo com a descrição) mais um explosivo, supostamente uma granada. Nada mais nada menos, o que faz supor um certo requinte, pois o modu operantis, sugere influências culinárias da área do perú recheado. Primeiro abre-se, depois recheia-se e BUUUUMMMMM.

Pela descrição acima compreenderam o meu orgulho de estar, pelo menos, ao nível das maiores empresas de Portugal.

Ainda não sei é se a devo considerar hostil ou amigável.

No entanto não sou egoísta. Se também tiverem vontade de ser objecto de uma OPA, apresento a receita:
Enviem uma carta (delicada como a minha, porque se for insultuosa, pode acontecer que o proponente salte a fase da oferta e actue logo) á Administração do prédio onde vivem, a pedir a justificação técnica que explique porque é que têm de pagar umas reparações efectuadas na vossa casa, que supostamente seriam da responsabilidade da Administração. De preferência, o Administrador deverá ser um sexagenário, com alguma artereoesclerose, boa pessoa mas facilmente influênciavel por outros sexagenários, com nuito mais artereosclerose e não tão boas pessoas.


E pensar que ontem estava a considerar fazer um Post sobre a violência no Iraque!!!!!!!

quinta-feira, março 16, 2006

HÁ MÚSICA NA TEIA


Para os curiosos que gostam de música, existe uma nova ferramenta online de muita utilidade para descobrir novos projectos ou redescobrir velhos conhecidos. Chama-se Pandora e encontra-se em http://pandora.com. No já conhecido site All music guide, onde atravês de nomes de bandas que nos são familiares, nos sugerem bandas que podem de alguma forma e por afinidade estar relacionadas com a primeira, temos acesso a imensa informação e por vezes é possivel audição de temas. Um processo semelhante é usado neste novo site associado ao i-tunes, onde é possivel criar até 100 "canais de rádio" pessoais. O processo é simples e consiste em escolher um tema que vai servir de ponto de partida para a sequencia proposta pelo site. A biblioteca é enorme e está constantemente a crescer. Funciona com nomes mais mainstream, mas também tem possibilidades simpáticas no que diz respeito a bandas mais obscuras. O utilizador pode sugerir nomes, enviar por mail aos amigos, comprar os mp3 que gostou no i-tunes, ou colocar links para as rádios no seu próprio site. Com o panorama das rádios oficiais com listas formatadas pelas editoras e animadores de emissão imbecis, o melhor é fazerem a vossa rádio e ficar confortávelmente a ouvir. É uma verdadeira caixa de Pandora, abram-na
a deixem-se surpreender!

quarta-feira, março 15, 2006

Comunicação

Informa-se que aquilo que anteriormente era chamado de Mandrulhónimos passa a chamar-se Mandrulhário. Mais se informa que, a pedido do próprio, o Procurador Geral da República anteriormente conhecido por Souto Moura passa a chamar-se Margarida.

Mandrulhário

Perversões (oooh si... te gusta cariño?) Técnica sexual praticada para se libertinar das amarras da moralidade.

Estás a tocar nele? Bibi

Vá lá mãmã, é só um tabefezinho. D. Afonso Henriques

Perversões e tudo

Na escola primária, a professora dava a cada aluno, uma reguada (daquelas de madeira) nas mãos por cada erro ortográfico que se fizesse a partir do terceiro erro. Ou seja quem tivesse 5 erros levava 2 reguadas quem fizesse 10 erros levava 7, e por aí adiante. Nunca cheguei a agradecer ao ministério da educação o facto de ser espancado todos os dias por uma mulher de meia idade... coisa que agora tenho de pagar para acontecer.

Por vezes, algumas pessoas vêm falar comigo e perguntam: porque é que tens as as mãos tão grandes? Não são grandes, estão achatadas. Outras vezes, algumas pessoas vêm falar comigo e perguntam: é mesmo verdade que há pessoas que vêm falar contigo a perguntar coisas?

Ontem, a minha namorada nova chamou-me tarado. Disse que eu era imoral e que ela não estava para se degradar só para satisfazer as minhas perversões.... passei-me da cabeça, onde é que já se viu uma garota de 7 anos a falar assim?!

A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR


Este monstrengo continua em maré de "efemérides". Hoje 15 de Março, decorria o ano de 44 A.C., deu-se o assassinato do imperador Júlio César executado por um grupo de senadores romanos, incluindo o seu amigo Brutus. Inicialmente pensou-se ser uma conspiração do druida da aldeia de Asterix, ou um plano dos extraterrestres para invadir a terra, mas parece que assim não foi. Para melhor compreender estes factos históricos podem seguir a excelente série da HBO, "Roma", que já anteriormente nos deu pérolas como "sete palmos de terra", a passar todas as segundas, pelas 23 horas, no canal 2.

ELE ESTÁ AÍ

Acho que o "Mestre", "Guru" ou mais prosaicamente Pedro Abrunhosa (ainda se vai tornar no nosso Prince), é um pouco como as telenovelas.

Todos dizem mal dele - veja-se o exemplo do post mais comentado deste blog - mas toda a gente conhece as suas musicas, é adoptado por uma campanha publicitária que se imagina como milionária e os seus discos misteriosamente continuam a facturar.

Não estaremos a assistir á tradicional "dor de cotovelo" do povo português, quando alguém gere com sucesso a sua carreira e principalmente a imagem?

Devo afirmar que também não acho que o homem seja um musico ou letrista de excepção, mas também não será pior que muita da música (?) estrangeira que enche as nossas rádios ou tv's, no entanto, não há dúvida que os óculos e a pose são irritantes, mas isso é a sua marca registada, sem a qual ele deixa de ser o que é, e a isso chama-se marketing.

terça-feira, março 14, 2006

Pensamento do dia

Hoje decidi escrever um pensamento mordaz, profundo e absolutamente certo sobre um tema que fosse relevante e decisivo para o futuro... não consegui, volte amanhã.

É RELATIVO


14 de Março de 1879 nasceu o Homo Relativus. Albert Einstein, fisico alemão, pai da física moderna, pertenceu ao conselho Solvay e ficou célebre com a teoria da relatividade. Teoria que dá muito jeito.
Se o carro não funciona de manhã, é relativo. Pode ser uma grande desgraça (atrasado para o emprego) ou pode ser algo agradável (voltar para a cama). Se ao chegar á 2ªcircular o amigo mandrulho dá de caras com uma fila descomunal, é relativo. Pode ser negativo (longa seca à espera), ou pode ser positivo (aproveitar para meter leitura em dia). Se pede um aumento no emprego, mas o patrão o manda trabalhar, é relativo. Pode ser muito mau (lá tem de prescindir do ecrã de plasma) ou pode ser bom (fica em casa a tratar do bonsai).
A ideia chave desta teoria surgiu a Albert, um dia pela manhã. Chegado ao espelho pensou. Se calhar devia me pentear. Mas é relativo. Assim até parece que tenho muitas, imensas ideias a borbulhar na carola!

OPADOS


OPA - s. f.,
espécie de capa sem mangas, que tem, no lugar destas, buracos por onde se enfiam os braços, e é usada em actos solenes pelos membros de irmandades e confrarias religiosas;
Minho, bebedeira;

De acordo com a anterior definição, apresentamos em primeira mão imagens do próximo grupo português a se lançar numa OPA.

segunda-feira, março 13, 2006

LÁ EM CIMA


Foi à 225 anos que o astrónomo William Herschel descobriu o sétimo planeta a contar do Sol. Inicialmente pensou ser um cometa, depois ainda considerou a hipótese de ser o D. Sebastião, mas por fim chegou à conclusão ser um planeta. E deu-lhe o bonito nome de Urano. Este planeta também possui aneis, tal como o seu mais famoso irmão, Saturno. Possui 21 luas (!!!), algumas com tão belos nomes como Ofélia, Bianca ou Julieta. Nós aqui na Terra só com uma lua e os tipos lá em Urano, com uma fartura. Mas se calhar ainda bem que assim é.
Por cá quando está lua cheia tudo parece andar louco; as marés, o trânsito, os noctivagos, já para não falar dos lobisomens. Com 21 luas
deve andar tudo constantemente aluado!

sábado, março 11, 2006

KAHLOÍSMO


Está patente no CCB, uma exposição sobre Frida Kahlo. Lisboa recebe a mais completa exposição sobre a pintora realizada nas últimas décadas, com algumas obras nunca antes expostas na Europa. Oportunidade até 21 de Maio.
Aproveitando a situação, sugiro a adesão a uma "religião" de nome "kahloísmo", que venera Frida como a única e verdadeira deusa. Incrivel, mas verdadeiro. Visitem o site criado por Kimberly Masters (http://members.aol.com/fridanet/kahlo.htm). Segunda esta senhora intitulada sacerdotizade kahlo, existem códigos de indumentária, comportamentos, e outras pérolas explicadas neste site. E depois não digam que só estes monstros "blogosos", têm demasiado tempo livre.......

sexta-feira, março 10, 2006

Fim de semana

Se conseguir arranjar tempo, hei-de ir ver a exposição Fauve no museu do Chiado neste fim de semana. Fica aqui a sugestão.

Sempre que o homem quiser

E cá estamos novamente, amigo leitor, para mais uma edição das nossas entrevistas com memória. Hoje temos aqui connosco o Dr. Pedro Natal, 32 anos, com uma brilhante carreira política pela frente.

- Dr. Pedro...
- Ora, trate-me por Natal, é assim que sou conhecido...

- Concerteza Natal, sendo assim avançaria já para a primeira pergunta. Está preparado, Natal?
- Sim.

- Quando oferece um presente, pode-se dizer que é um presente de... Natal?
- S-sim...

- ...
- ...

- Mesmo no mês de Maio?
- S-sim...

- ...
- ...

- ... Não acha estranho?
- ...

- ... Bem, vamos então avançar para a próxima pergunta. Foi recentemente eleito deputado, isso deixou-o feliz, Natal?
- ...

- A sua mulher está grávida do seu terceiro filho,...
- Sim, é verdade, vai nascer daqui a 2 semanas, mais dia menos dia...

- Considera-se então um bom pai, Natal?

A NORTE DO EQUADOR


Estamos na ressaca dos óscares e só agora consigo pôr a minha cultura cinematográfica em dia. Ainda não vi o papel de Reese Witherspoon no filme "Walk the line" (vencedora do óscar para melhor actriz), mas por mim dava-o à grande Charlize Theron (uma das nomeadas, com um óscar já na carteira, por "Monstro"). Vi "North Country- Terra fria", o genial filme da Neozelandesa Nikki Caro, que já anteriormente nos surpreendeu com uma comovente história, "A domadora de Baleias". A personagem principal pertence a Charlize num registo exceptional, que muito recentemente estreiou também por cá a adaptação a pelicula das aventuras da heroina de animação Aeon Flux, com muita acção e umas roupinhas que realçam muuuuuuito bem as suas curvas. Em "Terra fria", a actriz modelo volta trocar o glamour pela arte de representar. É a história de uma mãe de dois filhos, que abandona o marido que lhe bate, e regressa à terra natal, empregando-se na mina local. Os problemas de assédio sexual vão surgir, e acaba tudo em tribunal. Parece um dramalhão, e é! Mas contado com muita sensibilidade, equilibrando flashbacks, com cenas de tribunal, e um elenco de luxo, com Frances McDormand,
Sissy Spacek, Woody Harrelson, Sean Bean, Michelle Monaghan. Um must meus amigos!

LEITURAS


Foi curioso verificar que as leituras efectuadas ao post "Afinal..." de ontem, se centraram mais no aspecto adjectivo das associações de ideias intermédias, do que na conclusão final, que apenas pretendia espelhar uma atitude céptica, relativamente á capacidade de os mesmos políticos de sempre, conseguirem operar uma mudança efectiva no actual panorama político.

quinta-feira, março 09, 2006

OLHEM LÁ

Será que ainda não repararam que os post's têm assinatura, para quando não gostam deles, poderem sempre apontar o dedo aos seus autores?

"GANDA FESTA MAN"


Já diz o Mandrulho, que não é meu primo mas irmão, de ninho de monstros, que "se é antigo não é novo". "Cavaco carbonizado é carvão" e o povo (nós todos) gosta imenso de uma boa lareira no Inverno. Talvez se as eleições tivessem sido no Verão as coisas tivessem sido diferentes. De qualquer modo todos nós somos muito nostálgicos (até temos uma rádio de nome Nostálgia). E já dizia o senhor Tricky "brand new you're retro".
A propósito, faz 30 anos que surgiu o movimento Punk nas velhas ilhas Britânicas. Rebelia e contestação, recuperando alfinetes de dama, T-shirts e calças rasgadas, correntes de metal, coleiras de cão com picos, cabelos desalinhados, pintados com cores garridas ou ao estilo moicano. E como a nostálgia afinal parece não ser só Portuguesa, hoje a indústria da moda e da publicidade apoderou-se do Punk, fenómeno de rebeldia e reutilizou-o sacando dinheiro ao consumidor. Isso leva-me a perguntar porque se compram calças com ar usado, rasgadas e manchadas, por um dinheirão, ou outros utensilios de moda com ar desgastado e visual "chunga". Porque não usar o que já temos até ficar gasto de tanto uso? Mas isso não alimenta a indústria, não é?
A solução pode passar por fazer o novo presidente vestir algo rebelde e revivalista, umas gangas coçadas, umas t-shirts anarquistas,e um penteado moicano.
Assim o velho vira novo, e já podemos ir todos curtir para a tomada de posse do senhor. Na primeira parte tocam os Xutos e pontapés!

AFINAL...

Hoje é oficialmente lançado á fogueira politica portuguesa, mais um cavaco.

No entanto, se pensarmos que esse cavaco já por lá passou, então ele não é um cavaco novo, mas um cavaco já carbonizado.

Ora um cavaco carbonizado é carvão.

Carvão pode ser fóssil.

Fóssil é porque já é muito antigo.

Se é antigo, não é novo.

Afinal, a conclusão é que tudo está como dantes, Quartel-General em Abrantes.

Assim diz (leia-se vota) o Povo.

quarta-feira, março 08, 2006

AMIGOS

Quem no meio da tempestade resiste e orienta.

terça-feira, março 07, 2006

Mandrulhário

Videoclip (la di da) Evidência visual que nos relembra que o Abrunhosa não sabe cantar.

"Gosto muito de clips porque me ceguram melhor os solhões" Anónimo

"Eu... estou aqui" PA

BOA VIAGEM


Toda a gente anda histérica com a "maquinaria" inventada pelos engenheiros do Google, o famoso Gogle earth. Mas como qualquer monstrengo centenário, como eu e o meu primo, o Adamastor, utilizamos algo mais conservador quando nos queremos orientar pelo mundo.
O meu primo, mais velho e conservador utiliza um site simpático, de nome mappy.com. Muito útil para encontrar itenerários na velha Europa. Eu que sou de uma geração um pouco mais viçosa, utilizo um novo site , que se encontra na morada http://www.uk.map24.com/. E vale a muito a pena. É uma espécie de GPS. Experimentem procurar uma morada, ou um itenerário. Ele faz uma aproximação ao local, indica o caminho mais proximo, usando-se de uma animação em perspectiva. Os mapas podem incluir ainda informações úteis, como locais de interesse público, tranportes, hoteis, etc. Não é tão exuberante como o Google earth, mas apresenta mapas mais limpos e simples de seguir. Boa viagem!

segunda-feira, março 06, 2006

ESPERANÇA


Esperança. Para olharapos como nós, fanáticos por cinema, a esperança de ver os telemóveis serem definitivamente silenciados dentro das salas de projecção foi respondida. A companhia Naturalnano, desenvolveu uma tinta capaz de bloquear ou desbloquear os sinais dos telemóveis. Isto consegue-se graças à inserção de microparticulas de cobre nalguns tipos de barro que são utilizados no fabrico da tinta. Será que definitivamente vamos deixar de ter a tia Lilí respondendo durante a sessão que afinal a "echarpe" tem uns tons mais "rouge" do que pensava, que o senhor empresário só poderá chegar depois das 22h por causa de uma importante reunião, ou simplesmente porque a jovem esposa com as crianças não se recorda onde deixou as chaves: " estão na mesinha do hall, querida, ...não? talvez na gaveta do quarto ao lado do meu livro do Lobo Antunes..., não? então vê na cozinha amor, ....enfim.
E para quando uma solução para acabar com o ruminar das pipocas? Porque alguém não desenvolve uma substância que provoque, talvez umas valentes dores de barriga? Pois, isso já existe! Só falta implantar! Somos mesmo uns monstros........

domingo, março 05, 2006

Mandrulhário

Novela (Subs. Fem) Género televisivo que, quando consumido regularmente, provoca entorpecimento do cérebro.

Why should people go out and pay money to see bad films when they can stay at home and see bad television for nothing? Samuel Goldwyn

sábado, março 04, 2006

O DEVORADOR DE DVDS


A partir de hoje e sempre no primeiro fim de semana de cada mês, temos uma oportunidade monstruosa de actualizar a nossa "dvdteca". Sim, porque agora nestas datas dá-se um monstruoso evento que dá pelonome de "Monumental feira do dvd", exactamente no edificio do Cinema Monumental. Os preços são muito cativantessendo possivel comprar dvds a partir de cinco euros. Titulos raros ou não editados por cá, também estão convidados a aparecer. Entre as 15h e as 22h, é aproveitar pessoal!

sexta-feira, março 03, 2006

Leitura de fim de semana

Initiation d'une novice pucelle
Ilustração de uma edição italiana de Justine dos anos 30 do século passado. Há mais aqui. Bom fim de semana.

Mandrulhário

Censura: Subst. Fem. Órgão sexual utilizado para fazer amor com a liberdade de expressão.

"O censor é a pessoa responsável pela separação do trigo e do joio, mandando publicar o joio" José Vilhena

quinta-feira, março 02, 2006

A insustentável pequeneza do milímetro

Os solteirões sabem mais sobre as mulheres do que os homens casados, senão casavam-se.

Está decidido, o cão fica em casa e o projecto de descendência fica para depois, fica para quando os amanhãs cantarem (se cantarem como o Toy estamos bem arranjados). Passei anos a rir-me dele (do Toy portanto) até alguém me dizer que aquilo era a sério...

Isto faz-me lembrar duas coisas: a primeira é que no outro dia, o primo do adamastor escrevia que sem editoras os bons projectos vingariam e os maus ficariam de fora, e a outra é que, ao sair de casa, esqueci-me de fechar o gás.

Sem editores para filtrar os projectos, isto ficaria muito mais parecido com a lei da selva, deixaria (julgo eu, que isto de pensar não é a minha vocação) de haver projectos globais e passaria a haver uma fragmentação enorme de públicos com a consequente redução de mercado em termos geográficos e comerciais: o oposto da globalização e massificação do gosto.

Bem se pode argumentar que a internet é, em si, uma ferramenta globalizante, e que os projectos estariam "à vista de toda a gente" mas o resultado seria uma redução e fragmentação do público. Por outro lado não podemos esquecer que a internet também é controlada por uma minoria, basta olhar para o peso do universo PT nas plataformas de produção e distribuição de conteúdos nacionais: ele é a rede fixa, ele é o maior operador de telemóveis, ele é a televisão por cabo, ele é a maior rede de cinemas, ele é o maior fornecedor de internet, ele é dois grandes jornais diários, ele é muito mais mas quando tudo isto estiver na mão de um homem só....

piririri... tenho que atender esta chamada...

- Sim
...
- Sr Belmiro?!? Euhhh é... hum... uma honra... falar consigo...
...
...
...
- Con... con... sim.... concerteza sr. Belmiro.
...
- Não, sr. Belmiro, não precisa de enviar ninguém... terei todo o gosto em fazê-lo eu próprio sem lhe causar maçada.
...
...
- Deixe estar que eu trato disso... o que acha de um suicidio por asfixia? Pode ser?
...
- Então está combinado, vou ali respirar a axila de um Moldavo e pronto... não se fala mais no assunto.

TAKE ME TO THE SKY


A 2 de Março de 1969, o avião Concorde vôo pela primeira vez. Foi o primeiro avião comercial supersónico.
Infelizmente este Olharapo nunca teve oportunidade de experimentar tal artefacto. E agora já não haverá mais oportunidade de o fazer visto que o seu último vôo foi em Outubro de 2003. Fica a expectactiva da criação de novos aparelhos e das já prometidas viagens no limiar da atmosfera, em velocidades muito superiores às praticadas pelo Concorde. Entretanto, visitem este site, http://www.concordesst.com/. Entre os acidentes que lhe ditaram a extinção e o elegante desenho das suas linhas, só para amantes dos pássaros metálicos.