quinta-feira, fevereiro 09, 2006

DEPECHE MODE



Touring the angel, mister Feathers. Ontem à noite monstros foram aqueles que estiveram no Pavilhão Atlântico para ver o concerto dos Depeche mode. Monstruosamente excepcional, palavra de primo de Adamastor. Desde a excelente cenografia, muito negra, imaginada por Anton Corbijn, até ao património músical extenso dos senhores. Estão em grande forma, estes "dinossauros" da electrónica.
Os fans não sairam frustrados. Ouve para todos os gostos. Desde as melodias do inicio dos anos 80, ainda eu era um monstrinho de ninho, como "behind the whell" ou "i can´t care enouth", com teclados fora de prazo (elogio) ,saudosistas. Até a fase mais rock com "personal jesus" (excitante), "I feel you", ou "walking on my shoes" (excelente imagem). Sem esquecer alguns temas do novo "Playing the angel" do ano passado, que deu origem à tourneé. Dois encores, e muita gritaria a pedir por mais, duas horas e tal numa magna experiência sensorial. Como pedia uma monstrinha mesmo ao meu lado, mal se aguentando em pé (ou a bebida ou outras especiarias no sangue), MAIS, MAIS, QUERO MAIS...... No verão há mais, é não perder a oportunidade.
Vamos lá comprar bilhetes para o estádio....

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

os depeche vêm jogar a alvalade é? e é para taça UEFA?

4:12 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home